Meditação

6 passos simples para começar a meditar ainda hoje (e sempre!)

Dicas de como aprender a meditar
Escrito com carinho por rodrigocsilveira

Sejamos sinceros, a vida às vezes pode ficar um pouco dura demais. Muito trabalho, muita cobrança, muita pressão, muito tudo que faz mal pra gente. Quando isso acontece, é importante ter uma saída segura, que acalme nossa mente, equilibre nossos pensamentos e nos traga de volta à terra com um sorriso no rosto e uma grande disposição mental para superar nossos desafios diários.

Que tal? Gostou da ideia? Então prepare-se:

A meditação é essa saída! Uma prática simples e universal, que não exige qualquer tipo de preparo ou aparelhamento, é só você e… bom… você e você mesmo. 🙂

Também não precisa achar que é algo difícil, nem dizer “isso é coisa de gente zen, isso não é pra mim”. Claro que é! Todo mundo pode meditar. No entanto, como tudo na vida, exige prática e concentração. Se você tiver um pouquinho de paciência ou determinação, tenho certeza que vai adorar os efeitos extasiantes da meditação.

Mas tome cuidado, ela é algo radicalmente viciante e tem alguns efeitos colaterais seriamente positivos (hehehe!). Siga essas sugestões simples e você estará em uma rota segura para encontrar suas próprias verdades, ou ao menos, se aproximar um pouco mais do seu verdadeiro eu.

ATENÇÃO:

Se você conhece alguém que se beneficiaria com essas dicas de meditação para iniciantes, compartilhe agora mesmo este artigo com eles.

1. Encontre um espaço tranquilo e pacífico

Estabelecer um cantinho apropriado, onde você possa estar sozinho sem ser interrompido a todo momento é algo fundamental, e o nosso primeiro passo para ‘aprender a meditar’.Isso pode levar algum tempo, e talvez seja uma tarefa mais difícil do que você pensa. De repente, nos damos conta de que é difícil ficar sozinhos nesse mundão de meu Deus.

Mas lembre-se que esse espaço da meditação pode ser dentro ou fora de casa. Se preferir, vá ao jardim, parque, praça… o que for melhor.

2. Sinta-se confortável

Sim, eu sei que você gostou dessa. Aliás, essa foi a missão mais fácil de aceitar em todo esse artigo, não é mesmo? Claro, queremos sempre nos sentir confortáveis, mas para iniciar uma prática meditativa e alcançar os benefícios que ela traz, isso é particularmente importante.

Precisamos nos sentir bem com a maneira como nos vestimos ou coisa do tipo. Usar roupas confortáveis, beber um pouco de água, sentar-se em um travesseiro ou almofada, e acender uma vela ou incenso são dicas que podem te ajudar nessa parte.

3. Sente-se e acomode-se

A postura de meditação mais comum é aquela em que nos sentamos com as pernas cruzadas, costas retas e as mãos apoiadas suavemente sobre o colo.Essa posição é recomendada porque ela abre seu coração e suas vias aéreas, além de permitir que a sua parte inferior do corpo relaxe.

No entanto, essa posição não é mandatória, e o importante aqui é apenas estar em uma postura confortável. Se você se sente bem dessa forma, ótimo!, se prefere ficar sentado em sua cadeira favorita faça-o. Sem grilos!

4. Feche os olhos e concentre-se na sua respiração

Contar ajuda, isso é verdade. Então vamos ao “truque” da contagem: tente inalar enquanto conta mentalmente até 4 ou 6 tempos, segure o ar nos pulmões por cerca de 2 tempos e, por fim, exale durante 8 ou 12 tempos.Dar à sua mente essa tarefa simples de contar e regular a respiração, mantém o seu foco e ajuda a ‘limpar sua mente’.

Ah, procure fazer movimentos completos de respiração, exale todo o ar, esvazie mesmo os pulmões, e em seguida inale de forma lenta e profunda.

5. Não crie expectativas

A meditação é algo realmente poderoso e benéfico, e eu tenho certeza de que você vai sentir mudanças significativas no seu estado físico e mental. É uma delícia meditar, é incrível. Mas não crie expectativas ingênuas de que toda a sensação de clareza mental e bem-estar virão logo na sua primeira sessão de meditação.

É preciso prática. Apenas sente-se e respire, experimente sem pressa. Faça isso por apenas 5 minutos, durante uma semana, e observe a mudança em seu fluxo de pensamentos, veja como se sente, só depois pondere ou julgue.Outra coisa: não tem problema se um milhão de pensamentos invadirem a sua cabeça toda vez que você tentar meditar. Isso só revela, na verdade, o estado de flutuação da nossa mente. Apenas respire e deixe que eles partam da mesma forma que chegaram.

6. Defina uma rotina

Guardei o melhor para o final. Esse é o grande segredo para quem quer aprender a meditar e, principalmente, para quem realmente quer continuar meditando depois de experimentar. Meditar sempre no mesmo horário a cada dia ajuda você a se sentir confortável na prática, além de condicionar sua mente a um momento regular de exercício meditativo.

Se você está pensando agora sobre quais seriam os melhores horários para reservar à meditação, eu posso dizer que no início da manhã ou à noite, antes de ir para a cama, são bons horários para criar uma rotina e cultivar uma meditação recorrente. Mas claro, dê uma olhada na sua agenda, veja o que é mais fácil para você.

Quando conseguir dar esses primeiros passos, você vai se dar conta de que realmente tem se sentido melhor em diversos aspectos. Os benefícios da meditação são notórios, não podemos ignorar e não vamos nos esquecer, porque eles aparecem quando realmente precisamos deles.

Aí então, na medida em que você for se aprofundando na prática da meditação, talvez você queira conhecer mais desse vasto universo de métodos e tipos de meditação. Tem até uma história de ‘meditar enquanto caminha’, e essa pode ser uma ótima pedida para quem gosta de exercitar o corpo e arejar a mente.

Enfim, guardamos esse papo para uma próxima. Por enquanto, espero que você possa compartilhar comigo os resultados dos seus primeiros passos. Como foi sua experiência de começar a meditar?

 

Deixe um comentário ;)

9 de comentários

  • Que legal esse artigo… Mostrou para mim como é fácil meditar e que é só uma questao de pratica e determinaçao!
    Obrigado!

    • É isso mesmo, André! Não tem mistério, meditação é prática e determinação. Com o tempo, com a prática, com a disciplina, colhemos os frutos dessa maravilhosa jornada de autoconhecimento. Obrigado pelo recado, adoramos saber sua opinião!

      Namastê.

  • Achei a explicação sobre meditação tão simples que a partir de amanhã vou me programar para tirar alguns minutos para meditar.

    • Oi, Dacler!

      Ficamos imensamente felizes em saber que a matéria serviu de inspiração para que você começasse a meditar. Como está se saindo? Se precisar de umas dicas, conte com a gente.

      Forte abraço!

  • medito há mais de quatro anos, e a medida que o corpo se
    aparta do tumulto da mente acontece o inverso, a calma do
    corpo conquista a mente, e a paz acontece

  • Ótimo Rodrigo, vou experimentar. Ha muito que procuro um metodo simples para aprender a meditar. Quando fizer algumad semanas conto como estou me sentindo ok? Abraços. Nestor

WE LOVE YOGA