Vegetarianismo

São Paulo ganha hamburgueria com cardápio 100% vegetariano

Hamburguer Vegetariano em São Paulo

Há quase 1 mês, a notícia sobre a hamburgueria vegetariana – 100% vegetariana – repercute na capital paulista como um verdadeiro marco da cozinha saudável e de um estilo de vida que emerge nos grandes centros.

O estreito corredor no número 2052 da Rua Augusta, leva ao novo Veggie Raw Burger N Bar que, assim como a matriz, que funciona desde 2015 na Vila Madalena, nasceu para servir hambúrgueres e drinques em um ambiente casual e confortável. O ‘detalhe’ que traz destaque a filial da Augusta é que o cardápio da casa é 100% vegetariano.

São Paulo ganha hambúrguer vegetariano na Augusta

Numa das paredes do pequeno salão, uma bem-humorada frase em inglês sentencia: “Os dias de tofu acabaram.” Sai a carne, entram receitas criativas, para conquistar até os mais ‘carnívoros’. Lá, tem hambúrgueres feitos de cogumelo com batata; abóbora com tapioca; e até berinjela com biomassa de banana.

Os entusiastas da culinária vegetariana não podem abrir mão de mais este point da rota veggie paulistana. Para contar os detalhes do lançamento da Veggie Raw Burger, reproduzimos o relato da Gastrolândia, que conta de forma fiel e divertida sobre o funcionamento do local.

Gastrolândia – É reconfortante encontrar chefs/estabelecimentos que tratam legumes, verduras, tubérculos e cogumelos como protagonistas: as possibilidades do reino vegetal são vastíssimas e, ainda, pessimamente exploradas no Brasil: neste país carnívoro, há uma certa preguiça e/ou desdém por parte de cozinheiros em estudar e criar receitas plant based, como se carne fosse item essencial a uma refeição ‘de verdade’. Nada mais equivocado, ecologicamente bizarro e antiquado do que esse pensamento (se você se interessa pelo tema, clique AQUI)…

Bolinhos de espinafre do Veggie Raw Burger

Bolinhos de espinafre com ricota e chia acompanhados por pesto de hortelã: entrada crocante e cremosa do Veggie Raw Burger

E é esse raro capricho com o reino vegetal o que se prova no novo Veggie Raw Burger. A casa de decoração moderna, instalada num pátio na Rua Augusta (ao lado do HiPokee), é irmã da unidade Vila Madalena, voltada a hambúrgueres tradicionais. Na Veggie Raw, entretanto, o cardápio é 100% dedicado a hambúrgueres vegetarianos. Se você odeia unir as palavras ‘hambúrguer’ e ‘vegetariano’, ok, digo que é uma lanchonete com deliciosos sanduíches sem uso de carne.

São seis opções de hambúrgueres com receitas bem elaboradas e resultados excelentes (tanto em sabor quanto em textura), ótimos pães, mix criativos e, aleluia!, livres da maldita proteína de soja, odioso curinga da velha culinária vegetariana.

Humbúrguer de cogumelo São Paulo

Mushies and Buschies, meu favorito no Veggie Raw Burger: pão de cerveja stout, burger de cogumelos e batata, cogumelos grelhados, mussarela, broto de alfafa e maionese de limão siciliano

Meu preferido (provei quase todos) é o Mushies and Buschies: pão de cerveja stout, burger de cogumelos e batata, cogumelos grelhados, mussarela, broto de alfafa e maionese de limão siciliano (R$ 29). Mais leve e sutil, o Quinoa Cowboy leva burger de quinoa e nozes, coalhada seca e pesto de hortelã no pão de beterraba (R$ 25).

Inusitado, estranho na primeira mordida e curiosamente viciante nas seguintes, o Wasabi Garden é composto por burger de berinjela e biomassa de banana verde, queijo prato, nori, picles de gengibre e maionese no levemente picante pão de wasabi (R$ 25).

De pegada mais potente e terroso, o Beet n Avocado Crush une burger de beterraba e trigo sarraceno, mussarela, fatias de avocado, crisp de alho poró e maionese no brioche com amêndoas (R$ 25).

As entradas são tão bem pensadas e executadas quanto os burgers, especialmente os bolinhos de espinafre com ricota e chia acompanhados por pesto de hortelã (R$ 19) – tão cremosos por dentro que lembram as croquetas espanholas -, as finas, longas e crocantes batatas raw (R$ 12) e os palitos de abobrinha que, sem casca, são empanados em panko e cerveja (R$ 16).

Tanto o Raw Burger quanto o Veggie Raw tem pegada de bar e jogam forte nas gin tônicas, com carta dedicada a elas. A variedade de rótulos inclui Gin Mare (R$ 59), Apostoles (R$ 42), The Botanist (R$ 42) e Hendricks (R$ 42), entre outros.

Raw Burger Veggie São Paulo

Nada light – muita gente confunde comida vegetariana com pouco calórica, conceitos que não tem relação nenhuma entre si -, a Torta crua com base de tâmara e amêndoas e recheio de óleo de coco, cacau 100%, mel e flor de sal (R$ 15), da Weeds&Seeds, é ridiculamente gostosa. Se não curte – mas deveria, pelo menos, provar! -, vá de pudim de leite (R$ 6).

Por mais bares, restaurantes e lanchonetes sem carne e com muito, muito sabor.

Deixe um comentário ;)

WE LOVE YOGA